A deputada estadual Estela Bezerra participou neste domingo (1), ao lado do ex- governador Ricardo Coutinho, de lideranças políticas, sindicatos, movimentos sociais da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco do Ato Público “SOS Transposição”.

O evento foi um repúdio à paralisação das obras do eixo-norte da Transposição do Rio São Francisco e ao abandono do eixo-leste, inaugurado pelo ex presidente Lula em março de 2017.

 O encontro contou ainda com as presenças de Fernando Haddad, Gleisi Hoffman, João Campos, dos deputados federais Frei anastacio, Gervasio Maia, entre outros.

Para Estela, o ato representou a defesa da maior obra hídrica do país, que atualmente está abandonada “Essa é a maior obra hídrica do país, e a que teve mais investimento, é um crime de lesa pátria deixar essa obra abandonada”, afirmou a parlamentar, lembrando que essa atitude do governo é uma questão política.

“É uma atitude política aliada ao que se existe de pior da história, um fascismo que discrimina mulheres, negros, nordestinos, homossexuais, pobres e excluídos, e que não têm nenhuma política de desenvolvimento e inclusão”, disse a parlamentar.

Ainda em sua fala, Estela agradeceu o trabalho do ex governador Ricardo Coutinho pela coragem e pela capacidade de agregar. “Ricardo não é apenas nossa esperança moral, mas é a esperança de que venceremos. Estamos aqui para lutar e a vitória será nossa porque a justiça e a igualdade irão prevalecer.

O ex governador Ricardo Coutinho salientou o fato de que a Transposição é um sonho de todos os nordestinos e que não pode ser abandonado. “O que está em discussão agora é a manutenção de um sonho que vai levar mais desenvolvimento para a região do semiárido nordestino, além de regularizar o abastecimento de água para aquelas populações”.