A deputada estadual Estela Bezerra (PSB) fez uma fala na Tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, em defesa da educação pública no país. Na ocasião, a parlamentar sugeriu a realização de uma Audiência Pública para debater os efeitos dos cortes financeiros nas Universidades e Institutos Federais da Paraíba.

De acordo com Estela, esse foi o maior corte e o maior ataque à educação pública que o país já presenciou. “Os cortes vão representar menos investimentos na segurança das instituições e em todas as funções”, lamentou.

Nesse sentido, a deputada reafirmou a necessidade de realizar uma audiência pública em defesa da educação do país, das universidades, institutos federais e do ensino básico e destacou a importância do apoio de todos os parlamentares. “É preciso que todos os deputados desta Casa defendam a política pública que é a porta de entrada da cidadania. Aquele que não tem herança de patrimônio deve ter a herança do conhecimento, e essa Casa precisa fazer valer esse direito, que é constitucional”.

 

Cannabidiol Terapêutica

Estela ainda usou seu tempo de fala para reforçar o esforço que tem sido feito contra o preconceito no uso do Cannabidiol como terapia para doenças neurológicas graves.

“Estamos recebendo hoje em João Pessoa o neurocientista Sidarta Ribeiro, diretor do Instituto do Cérebro da UFRN e que representa o Brasil em várias instâncias de pesquisas neurológicas, que aponta a cannabis como um dos medicamentos mais eficazes no tratamento e na cura de doenças severas”.

Para a parlamentar, o maior entrave na utilização do cannabidiol, é a desinformação. “Nós temos feito uma luta contra o preconceito para que consigamos avançar naquilo que a medicina deve trazer às pessoas: conforto, boa qualidade vida e saúde, e isso às vezes se faz desconstruindo preconceitos”, disse Estela, que aproveitou a ocasião para parabenizar a Liga Canábica e a ABRACE, instituições que atuam na fabricação e distribuição do medicamento.

Instituído por meio de lei municipal de autoria do vereador Tibério Limeira, 07 de maio é considerado o Dia Municipal de Visibilidade ao Uso Medicinal da Cannabis. Uma propositura da deputada Estela institui a mesma data como o Dia Estadual de Visibilidade ao Uso Medicinal da Cannabis. O projeto foi aprovado na ALPB e aguarda a sanção do governador João Azevedo.

foto: ALPB