O Auditório Municipal da cidade do Congo ficou lotado na noite da última quinta-feira (28), durante a terceira etapa do Circuito das Águas, uma série de audiências públicas realizada pelo mandato da deputada estadual Estela Bezerra, que está percorrendo o Cariri paraibano com o objetivo de debater o uso consciente das águas do projeto de Transposição do Rio São São Francisco.

Representantes do governo estadual e pequenos produtores locais discutiram o acesso à água para agricultura familiar.

De acordo com a deputada Estela, o velocidade de vazão das águas da transposição é de apenas um terço do que foi prometido pelo governo federal. “O Rio está nascendo de novo, foi preciso eliminar os obstáculos, desassorear, preservar a mata ciliar. Precisamos ter esse cuidado para que para que a água não falte novamente”, disse a parlamentar, que finalizou. “Vamos compartilhar essa responsabilidade”.

João Vicente, superintendente da SUDEMA, fez parte da mesa e parabenizou a iniciativa. “A cada nova audiência, superamos a qualidade na exposição e na riqueza de informações, tenho certeza que o produto que vai sair dessas reuniões será positivo”, disse João Vicente, que ressaltou o compromisso da deputada Estela com a população.

“ A deputada Estela mostra mais uma vez dedicação, coragem, arrojo e capacidade de definir prioridades e pautar sua ação parlamentar com base nas reais necessidades do povo”.

Circuito das Águas

O Projeto de Integração do Rio São Francisco é a maior obra de infra estrutura hídrica do Brasil, contemplando os estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte, atendendo a uma população de cerca de 12 milhões de habitantes, em 390 municípios.

De acordo com uma resolução da Agência Nacional das Águas – ANA, o Sistema Hídrico Rio Paraíba-Boqueirão  permitem o uso da água somente para consumo humano, para matar a sede de animais e para atividades de subsistência, como a agricultura familiar. Aproximadamente 1.000 propriedades no rio Paraíba e no reservatório Boqueirão serão beneficiados.

Depois de visitar os município de São Domingos do Cariri, Barra de São Miguel e Congo, as audiências seguem nas cidades de Monteiro, Camalaú Cabaceiras e Boqueirão.