A agenda da deputada estadual Estela Bezerra (PSB) pelo interior do estado começou na última quinta-feira (12) quando o mandato promoveu uma audiência pública em Cajazeiras para debater sobre políticas públicas para tratamento do Transtorno do Expectro Autista (TEA). Realizada em parceria com o mandato do vereador Rivelino Martins (PSB), o encontro reuniu familiares, cuidadores e profissionais de saúde.

Na ocasião, Estela afirmou: “O que nós estamos buscando fazer é chamar a atenção da sociedade, como também elaborar e implementar políticas públicas que cuidem das crianças autistas de forma que elas tenham assistência adequada”. Esse foi o segundo encontro que a deputada realizou em Cajazeiras para debater o autismo. Em agosto de 2017, foi realizado o seminário “Um olhar sobre o autismo no sertão: saúde e inclusão”.

Na sexta-feira (13), Estela marcou presença na plenária do Orçamento Democrático Estadual, realizada no município de Mamanguape. Estela comentou sobre a importância da plenária no município.

“O Vale do Mamanguape tem sido uma região muito estratégica e importante para o desenvolvimento da nossa economia e dos indicadores sociais, e tem tido uma atenção diferenciada”, afirmou. A deputada também salientou o processo do OD-Estadual enquanto democracia participativa. “Com a implementação do Orçamento Democrático Estadual como uma política pública o Governador Ricardo Coutinho deu poder e voz ao povo para que definam as ações e investimentos prioritários para a sua região”.

Durante o sábado (14), foi a vez da deputada Estela se reunir com os pré-candidatos João Azevedo e Veneziano Vital durante o Encontro de Mulheres Socialistas do PSB, que aconteceu no município de Patos. No encontro, foi debatido a importância da participação feminina nos segmentos sociais e no segmento político, e a necessidade de incluir mais mulheres no processo eleitoral.

“O PSB neste momento organiza e constrói um momento pedagógico não só para nós mulheres, mas também para os companheiros homens que nos representam na política e que ocupam um lugar ainda maior do que a representação das mulheres. Existe uma dívida social histórica com relação a participação das mulheres na política e não há democracia sem a nossa participação”, finalizou.

E finalmente no domingo (15), Estela esteve em Sumé, quando participou da Plenária Estadual da UJS Paraíba, realizada pela União da Juventude Socialista. Estela afirmou que a grande esperança para superarmos a crise política e social do país está nas mãos da juventude.

“Nossa esperança em mudar este cenário está na força da juventude, principalmente de uma juventude da diversidade, que vem da periferia, mas que está disposta a contribuir com a construção coletiva, que participa de aulas, debates e trabalhos, e que manifesta o seu desejo de mudança”.

 

Fotos: Ascom