A deputada estadual Estela Bezerra (PSB) realiza próxima quarta-feira (17) uma sessão especial celebrativa do Correio das Artes, suplemento cultural mensal do Jornal a União, que completa 70 anos em 2019, sendo o mais antigo suplemento literário do país. A solenidade acontece no Plenário José Mariz, na Assembleia Legislativa da Paraíba, a partir das 9h30.

Na justificativa, a parlamentar destacou a importância do suplemento na história da cultura paraibana. “O Correio da Artes publicou textos assinados pelos mais expressivos poetas, escritores e críticos brasileiros, a exemplo de José Lins do Rego, Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira”.

“Além disso, é um elemento forte e precioso da nossa identidade, um verdadeiro patrimônio cultural do povo da Paraíba, do Nordeste brasileiro, do Brasil e da língua portuguesa”, disse Estela.

Memória cultural

O Correio das Artes circulou pela primeira vez no dia 27 de março de 1949, sob editoria do jornalista e poeta pernambucano Édson Regis. Seu objetivo foi estabelecer diálogo e intercâmbio com o movimento literário e artístico brasileiro, inaugurando um novo tempo no jornalismo cultural. O suplemento é maior vitrine da produção literária e artística que circula no estado e mantém, até os dias de hoje, como um respeitado veículo de divulgação cultural.

O Correio das Artes tem circulação mensal como encarte no Jornal A União, o único jornal oficial do país e o terceiro mais antigo ainda em circulação no Brasil.